vibrador foi inventado por volta do século IX, com um objetivo médico: a cura da histeria, uma doença supostamente feminina. Alguns séculos depois, com a ascensão do feminismo e com a revolução sexual, os vibradores ainda podem ser usados até para curar, mas não é doença não. Os vibradores ganharam cena e hoje são utilizados por todos, seja sozinho, em casal, com várias pessoas, vai do desejo e vontade de cada um. O mercado de sex shop expandiu e atualmente existe uma incrível variedade desses sex toys: vibradores de luxo, os para casal, o vibrador barato, pequenos, médios, com sabores, vertebrados, etc.

Por isso, não é tão fácil assim escolher o vibrador perfeito, primeiramente é necessário entender:

  • Qual material é feito o vibrador
  • Qual tamanho você prefere
  • Quais são os tipos de vibradores que existem

Está interessado em adquirir um vibrador e ampliar seu prazer? Se liga que aqui na DSS temos todas as variedades de vibradores.
Confira as dicas abaixo e veja qual (ou quais) vibrador é perfeito para você!

Vibrador ou Pênis de borracha, qual a diferença?

Pênis de borracha:

O pênis de borracha ou pênis realístico, como o próprio nome sugere, é uma prótese em formato peniano (com saco escrotal ou não) que pode possuir ou não a função vibro.

Função

Já o vibrador possui, obrigatoriamente, a função vibro e pode se parecer ou não com um pênis, já que existem vibradores em vários formatos e com diversas funções.

O pênis de borracha começou a ser chamado dessa forma devido ao seu material, que era, originalmente, o látex. Porém, como o látex possui substâncias tóxicas e ainda pode gerar alergia em diversas pessoas, com o tempo ele passou a ser feito com outros materiais não tóxicos e materiais capazes de lembrar, cada vez mais, a pele humana.

Os pênis de borracha podem ser de diversos tipos:

Pênis de borracha com ventosa:

Eles possuem uma ventosa na base que auxilia na fixação em lugares (como chão, box do banheiro, paredes, etc.). Ele é ideal para quem quer usar um pênis realístico sem precisar ficar segurando durante a masturbação ou sexo. Podem ter  função vibrador ou não.

Pênis de borracha com vértebra:

Possui um sistema de articulação (vértebra flexível interna) que possibilita dobrar o pênis para qualquer lado que desejar, conferindo maior mobilidade ao produto e deixando-o mais realista.

Ideal para quem deseja um produto mais maleável, capaz de se adaptar melhor ao corpo.

Prótese para cinta, ou o Cintaralho:

Este sex toy é conhecido também por strap-on, cinto pinto, cinta peniana ou sunguete. Nele, o pênis de borracha possui uma base que encaixa em uma cinta.

Ele é acoplado no quadril, sendo que alguns possuem duas saídas para o pênis realístico e outros possuem só uma.

Material dos vibradores

O material é uma das questões que mais importam na hora de escolher um vibrador, pois isso faz toda diferença. Aqui na DSS você consegue encontrar vibradores e pênis de borracha feitos desde materiais comestíveis até cyberskin. A diferença que o tipo de material vai proporcionar é a sensação, toque e, claro, o prazer que você pode ter com cada um.

Os materiais de vibradores podem ser divididos em dois tipos:

  • Não Flexíveis
  • Flexíveis

Confira os materiais mais comuns para vibrador:

Vibrador de silicone:

A vantagem dos vibradores feitos de silicone é que são fáceis de limpar e flexíveis, ou seja, vão se adaptar ao seu corpo. Se for à prova d?água, é possível limpar com água quente.

Cyberskin:

O Cyberskin é um material que consegue chegar mais perto da sensação da pele humana. Ele é uma mistura entre vinil, PVC e borracha, o que proporciona maior flexibilidade ao vibrador. O conforto térmico que esse tipo de material proporciona é um dos grandes destaques para esses vibradores.

Para esse tipo de material, é importante ter cuidados específicos, como usar lubrificantes à base de água, limpar com sabão neutro ou higienizador específico para sex toys e nunca deixar exposto à luz ou calor excessivo.

Borracha plástica térmica:

Também conhecido como TPR, ele é um modelo não flexível, porém que ainda possui certa maciez ao toque. Apresenta alta durabilidade e não possui cuidados específicos, podendo ser usado com qualquer tipo de lubrificante e ser limpo com sabão e água fria.

Jelly ou PVC:

Os vibradores Jelly são flexíveis e costumam possuir texturas e ondulações que aumentam o prazer.

Para limpar, assim como o Cyberskin, é necessário possuir um sabão neutro ou o higienizador  espicifico e nunca deixar exposto à luz ou calor excessivo.

Elastômetro:

Esse material costuma ser flexível e se adapta bem ao corpo, porém possui uma textura porosa, o que pode auxiliar no acúmulo de fungos e bactérias, de forma que a limpeza desse tipo de vibrador precisar ser sempre bem feita. Pode-se utilizar sabonetes convencionais, apesar dos higienizadores de sex toys serem mais recomendados.

Dica: caso você possua alergia a qualquer um dos composto, não utilize o vibrador e verifique sempre se o material do seu vibrador é antialérgico ou à prova d?água. Os que possuem agentes químicos em sua composição podem ser tóxicos e precisam ser usados juntamente com um preservativo.

Plastisol:

O Plastisol é um tipo de material comum para vibradores e pênis de borracha. Ele é um composto que mistura o PVC com um plastificante. As vantagens do plastisol está no fato de ser atóxico e flexível. Apesar disso, assim como o elastômero, possui uma textura porosa e, por isso, é indicado cuidado na hora da limpeza e/ou utilizar o produto com um preservativo.

O Plastisol deve ser usado com lubrificantes à base de água, e limpo com sabão neutro ou higienizador específico para sex toys.

Quais formatos de vibradores existem?

Os vibradores possuem diversos tipos e formatos, desde aqueles que lembram um pênis até os que se parecem com outros objetos (como um batom, um coelho, uma borboleta, por exemplo), a alguns que são apenas em formato cilíndrico (com uma ponta curva ou não, que pode alcançar o seu ponto G).

Se você quer comprar um vibrador, mas está com vergonha de alguém encontrar no seu quarto, os vibradores que parecem com produtos de beleza femininos (batom, blush, dentre outros) pode ser uma ótima opção para você.

E as velocidades dos vibradores?

A principal diferença entre um pênis de borracha e um vibrador, como falamos anteriormente, é justamente a função vibro. Os movimentos, juntamente com as velocidades, são uma delícia na hora do prazer!

Alguns vibradores que têm níveis de velocidade são chamados de Multivelocidade: mais rápido, médio e lento. Existem também os Monovelocidade, no qual você tem apenas um botão de liga e desliga.

As velocidades são controladas através do vibrador ou de um controle remoto (como os de controle Wi-Fi). Nós, da DSS, sugerimos testar todos e ver qual combinação funciona melhor no seu corpo!

E como recarregar o vibrador?

Existem 3 tipos de fontes de energia:

  • Pilhas: utilizam pilhas alcalinas modelo AA ou AAA
  • Bateria: são baterias iguais as de relógio, que são fáceis de serem encontradas e facilitam a troca
  • Recarregável: são modelos de vibradores mais caros, mas possuem uma maior praticidade. Esses vibradores podem ser carregados por USB, podendo ser até utilizados com o carregador do seu celular. Muito prático, não?!

Qual é o tamanho de vibrador ideal para mim?

No mercado de sex shop, existem diversos tamanhos de vibradores. Você pode achar desde um pequeno (4cm) até um enorme (38 cm). Vamos explicar mais os tamanhos de vibradores e suas funções no tópico ?Tipos de vibradores?.

Afinal, tamanho não é documento e existem vibradores grandes ou pequenos que podem causar orgasmos incríveis!

Por isso, se tiver dúvida na hora de escolher, pense na principal finalidade do seu vibrador (se será vaginal, anal ou clitoriano, por exemplo), pegue uma régua e imagine qual seria melhor.

Além disso, vamos mostrar quais os tipos de vibradores existem no mercado, para ajudar na escolha do tamanho, modelo, dentre outras categorias:

Como escolher o modelo de vibrador certo para mim?

Como falamos anteriormente, existem três tipos de vibradores, principalmente: Vibrador clitoriano, Vibrador vaginal e Vibrador anal. Claro que um vibrador vaginal pode ser utilizado no sexo anal e vice versa (não se esqueça de limpar adequadamente!). Os formatos variam de acordo com as especificidades de cada um.

Tipos de vibradores

Os vibradores têm diversos tipos de formatos e modelos, de forma que podem ter mais de uma função e várias formas diferentes de usar. Por isso, é muito difícil classificá-los em grupos fechados, mas podemos dizer que, de forma geral, existem três linhas principais:

Vibrador Clitoriano

Primeiramente, vamos aos fatos: o clitóris é a parte do seu corpo criada única e exclusivamente para o seu prazer, então porque não aproveitá-lo da melhor forma possível? O clitóris é responsável por grande parte do orgasmo feminino, segundo uma pesquisa por meio da enquete online do GFK KnowledgePanel, somente 18,4% das mulheres gozam apenas com penetração, sendo a estimulação clitoriana indispensável! Assim, um vibrador bullet é uma ótima forma de obter mais prazer, seja durante o sexo ou mesmo se masturbando sozinha. Os vibradores para o clítoris costumam ser pequenos e não são destinados à penetração.

Como usar o vibrador clitoriano:

Posicione o vibrador em cima do clitóris, movendo de acordo com a parte que você sentir mais prazer. Algumas mulheres preferem ficar movendo ele durante a masturbação, outras o deixam imóvel, então use da forma que gere maior prazer para você. Esses são os tipos de vibradores que não necessitam de penetração.

Eles devem ser posicionados no clitóris, de acordo com a parte onde você sente mais prazer. Esse tipo de vibrador costuma ter formatos divertidos, como você pode ver no site da DSS: formato de batom, coloridos, em forma de borboleta, dentre outros.

A bateria ou a carga é fundamental para esses tipos de vibradores, então tenha sempre um conjunto de pilhas ou, caso o modelo seja recarregável, não esqueça de conectá-lo na tomada após o uso!

Veja os tipos de vibradores clitorianos que existem no mercado de sex shop:

Vibrador Varinha Mágica

O vibrador Varinha Mágica, Massageador ou Hitachi é um dos vibradores mais conhecidos do mundo todo. Potentes, possuem uma cabeça móvel revestida em silicone que apresenta conforto ao toque. São capazes de gerar orgasmos poderosos, por meio da estimulação de toda a área clitoriana.

O Varinha Mágica gera, em média, quase 5 mil vibrações por minuto, de forma que é um dos vibradores mais potentes presentes no mercado atualmente.

É possível encontrá-los em tamanho pequeno (5 cm) até enorme (30 cm). Para a higienização é necessário lavar somente a parte de cima, onde você encosta no clitóris, com sabão.

Vibrador Sugador de Clitóris

Os sugadores de clitóris são pequenos e costumam possuir um pequeno bocal na parte superior do objeto que, quando encaixado no clitóris, produz uma estimulação incrível.

Ideal para quem adora ter orgasmos clitorianos! Esses vibradores têm uma tecnologia incrível, que trabalha simultaneamente com sucção, vibração e pulsação. O tamanho pequeno deles os torna super fáceis de levar para onde quiser e ainda são extremamente discretos.

Bullet

Este vibrador bullet é ideal para você que quer algo discreto, mas que vai te ajudar a ter orgasmos clitorianos incríveis. Eles geralmente possuem uma parte arredondada que pode ser utilizada para a estimulação do clitóris e um controle para a variação da intensidade da vibração.

Como são pequenos e discretos, você pode levar para viagens, colocar no carro ou na bolsa sem levantar suspeitas.

Massageador

O vibrador massageador é feito para a estimulação clitoriana. Ele pode ter diversos formatos, anel, batom ou até um fofo coelhinho.

Com eles, você pode fazer aquele movimento de masturbação em que geralmente utiliza os dedos com um vibrador. Imagina que delícia!

Buttlerfly

O vibrador buttlerfly possui esse nome por ter o desenho de uma borboleta. Ele vem com uma cinta elástica ajustável para ser usado como se fosse uma calcinha.

Assim como o bullet, ele é focado em estimular o clitóris. A vantagem dele é que, como é para ser vestido, não precisa usar as mãos. Basta ajustar na vagina e pronto, curtir o prazer.

Alguns vêm com controle remoto para variar a velocidade de vibração. Como são discretos, você pode até usar por baixo da roupa. Imagina que loucura?

Vibrador vaginal

Os vibradores de uso vaginal costumam ter formato fálico para facilitar a penetração. Podem ter aparência peniana ou apenas serem mais cilindricos como os vibradores personal e com a ponta curvada para atingir como os vibradores ponto G.

No mercado erótico, também é possível encontrar aqueles que possuem um dispositivo extra como os Vibradores Rabbit, capaz de massagear o clitóris durante a penetração, gerando uma sensação incrível!

Apesar de serem chamados de vibradores vaginais, muitos modelos de vibradores podem ser utilizados também para penetração anal.

Confira os tipos de vibradores vaginais que existem atualmente no mercado de sex shop:

Personal

O vibrador clássico ou personal é o modelo mais básico e conhecido de vibrador. Costumam possuir design cilíndrico, com textura ou formato de pênis. Alguns são aromatizados.

Nesse modelo de vibrador a base costuma possuir o botão de liga e desliga ou as velocidades (caso ele seja multivelocidade). Também costumam ter vários tipos de material, desde o silicone aveludado a cyberskin.

Esse tipo de vibrador é perfeito se você goza fácil com penetração ou se só quer incluir algo a mais com o parceiro ou parceira. Os preços desses vibradores costumam ser os mais acessíveis.

Clique aqui para conferir os modelos.

Ponto G

A primeira coisa que você vai reparar ao ver esse vibrador é a curvinha que ele possui na parte superior.

E aí, qual a função dela? Esse modelo de vibrador tem como principal finalidade estimular o ponto G.

Mas o que é o ponto G?

Segundo especialistas (sexólogos e ginecologistas) o ponto G é uma área erógena localizada na parte anterior à vagina, que sofre inchaço durante o momento de excitação feminina.

O vibrador ponto G possui esse formato diferente, com a ponta curva, para alcançar esse ponto de grande prazer feminino. Vibradores assim são recomendados para quem já sabe onde fica o seu ponto G.

Se você ainda não sabe onde fica o ponto G e está louca para descobrir essa nova fonte de prazer, esse vibrador pode te ajudar a chegar lá!

Alguns modelos desse vibrador possuem alguns formatos inusitados, como de golfinho.

Ficou curiosa? Conheá alguns vibradores ponto G.

Para casal

Tem um parceiro ou parceira e gostaria de incluir algo a mais na cama?

Que tal um vibrador super versátil que vai ajudar no seu prazer?

Qualquer vibrador pode ser usado por casais, mas o mais conhecido é aquele vibrador que possui formato em U. Ele é feito para ser usado sem as mãos, pois ele encaixa perfeitamente na vagina, ficando uma parte para dentro e a outra para fora, estimulando o clitóris. Dessa forma, tanto a parte interna quanto externa são estimuladas. Ele é chamado de vibrador para casal, pois o parceiro (ou parceira) fazer a penetração enquanto o vibrador permanece lá dentro, aumentando ainda mais o prazer!

Lembrando que amar também é ver o parceiro ou parceira sentindo mais prazer, então porque não apimentar as coisas e incluir esse vibrador na hora do sexo?

Ficou interessado? Clique aqui e veja mais.

Dica: Todos os vibradores aqui mencionados podem ser usados por casais durante a relação, basta ter criatividade e desinibição que tudo vira uma grande forma de prazer e diversão!

Vibrador de uso anal: plug anal

Os vibradores anais funcionam assim como um plug anal: você encaixa no ânus durante o sexo ou a masturbação. Possuem um formato geralmente mais curto e cilíndrico.

O vibrador anal é excelente para estimular a região, podendo ser usado como pré sexo anal. Isso porque ele estimula a região e deixa os músculos mais relaxados e dilatados, de forma a evitar aquela dor incômoda.

O plug anal também pode ser usado para quem deseja uma penetração dupla com o parceiro. Só não se esqueça de lavar bem após o uso, para evitar acúmulo de bactérias no local.

Outros tipos de vibradores

Existem os vibradores que estimulam mais de uma parte do corpo, esses separamos como outros tipos de vibradores. Eles são excelentes se você não tem facilidade em ter orgasmos estimulando apenas uma área por vez. Confira mais:

Rabbit com dupla estimulação

Os vibradores Rabbit são famosos no mercado erótico! Isso porque tem aquela parte exterior que possui um coelhinho. Esse coelho é justamente quem vai encostar no seu clitóris enquanto a parte interna é introduzida na vagina.

Os vibradores rabbits são tão famosos por isso: possuem uma dupla estimulação que pode te levar a orgasmos fantásticos! Vale a pena experimentar.

Alguns modelos de vibrador rabbit são rotativos, outros possuem texturas na parte maior – a que será utilizada para a penetração.

Há ainda os que possuem aquela ponta encurvada, perfeito para estimular seu ponto G enquanto promove vibrações no seu clitóris.

Para você que curte sentir prazer no clitóris e na vagina ao mesmo tempo, vai amar esse modelo de vibrador.

Vibrador com dupla penetração

Esse vibrador impressiona de cara! Com um tamanho maior que o convencional, o vibrador com dupla penetração costuma possuir duas pontas cilíndricas ou com formato de pênis e uma mola no meio.

Costuma ser feito de material flexível, como borracha ou silicone, e, algumas vezes, cyberskin. Esse vibrador pode ser usado sozinho ou com parceiro ou parceira. Fica a seu critério.

Esse modelo de vibrador é capaz de duplicar o seu prazer, sendo inserido no ânus e na vagina ao mesmo tempo. Também é ideal para quem quer usar com outra pessoa! Além disso, você pode usar uma parte para a penetração e a outra para empurrar.

Ou seja, esse modelo de vibrador é super prático e contém várias formas de uso, só depende da criatividade e da vontade de cada um.

Gostou? Clique aqui e veja mais!

Vibrador Buttlerfly com pênis

O vibrador buttlerfly com pênis funciona exatamente igual ao buttlerfly original, porém do lado interno da borboleta há uma estrutura semelhante ao órgão genital masculino para penetração.

Esse modelo de vibrador costuma agradar quem já conhece o buttlerfly e está acostumada ao seu funcionamento, mas sente falta de algo para estimular a parte interna da vagina.

Com esse adereço o vibrador buttlerfly fica ainda melhor. Vale a pena experimentar!