Usar camisinha durante qualquer atividade sexual é fundamental. Essa informação não é mais novidade para ninguém — mas é sempre bom reforçar. Devido à sua importância, o mercado de preservativos vem se esforçando para variar nos modelos e, principalmente, no tamanho da camisinha.

Muita gente não sabe, mas o tamanho dela é importante para garantir a proteção contra gravidez e doenças sexualmente transmissíveis, além de proporcionar um melhor desempenho na hora do sexo. Se o ajuste não for ideal, existe a chance do preservativo romper, incomodar ou sair durante a relação sexual.

Encontrar o tamanho da camisinha é muito tranquilo. E é sobre isso que vamos falar neste artigo. Aqui você encontrará dicas para ajudar os seus clientes a não errar na compra. Confira!

Analise o tamanho da camisinha

Ao contrário do que muitos pensam, o tamanho da camisinha é medido pelo diâmetro e não pelo comprimento. O diâmetro mais popular é o de 52 mm, mas existem também os 56 mm (extra) e os de 49 mm (teen). O tamanho mais vendido aqui, no Brasil, é o de 52 mm.

Esse detalhe é importante, porque, se o preservativo ficar pequeno, ele pode machucar, causar desconforto e, ainda, estourar. Caso fique grande, ele pode escorregar e sair nos momentos de fricção, comprometendo a proteção.

O ideal é iniciar pela tradicional e testar em casa. Caso o cliente sinta que está apertado ou largo, ofereça os tamanhos extras ou menores.

Considere o comprimento da camisinha

Nesse quesito, a média dos preservativos de 52 mm é de 16 centímetros. Esse padrão é bem adaptativo, pois o látex é um material elástico que se adapta muito bem a vários tamanhos de pênis. No entanto, se seus clientes precisarem, os tamanhos extras possuem alguns milímetros a mais, não apenas no diâmetro, mas também no comprimento.

O importante é usar um tamanho adequado, porque, se for maior ou menor que o necessário, pode comprometer a proteção. A camisinha deve deslizar com facilidade e ficar justa, porém, com a ponta isenta de ar para conter o sêmen. Isso diminui a chance de rompimento.

Escolha de acordo com a sensibilidade

A espessura é importante ao definir o tamanho da camisinha. Os modelos sensíveis são ideais para homens e mulheres que não gostam de usar o preservativo na transa.

Essas camisinhas são fabricadas com um látex mais fino — mas não menos resistente — que permite mais sensibilidade. Esses preservativos proporcionam as mesmas sensações de não usar nada.

Considere qual o material da camisinha

Outro detalhe que pode influenciar na escolha do tamanho da camisinha é o material. Normalmente, elas são feitas de látex. No entanto, quem é alérgico precisa de outras opções de uso. Para esses clientes, é interessante ter sempre em mãos os preservativos feitos de poliuretano, tactylon e poliisopreno sintético.

Essas camisinhas costumam ser um pouco mais caras. Entretanto, dá para ter prazer e segurança ao mesmo tempo.

Escolha pelo tipo de camisinha

Não apenas de tamanho se define uma escolha, não é mesmo? Muitos clientes têm dúvidas sobre as funcionalidades dos preservativos. É importante que você saiba relacionar o tamanho da camisinha e também as brincadeiras que dá para fazer com elas.

Existem preservativos com sabores variados: morango, chocolate, vinho e até caipirinha! Várias opções para testar.

Outras possibilidades são as camisinhas com gel retardante, texturizada, espermicida, que possibilita uma proteção extra, pois mata os espermatozoides; camisinhas que brilham no escuro; que esquentam e esfriam. Enfim, são várias opções, de todos os tamanhos.

Vale lembrar que usar o tamanho errado de camisinha pode influenciar diretamente no desempenho sexual. Sendo assim, é importante ter vários tamanhos, modelos e formatos para que o cliente possa escolher da melhor forma.

Escolher o tamanho da camisinha é muito tranquilo. Invista em vários tamanhos para variar o seu catálogo e use as dicas apresentadas. Dessa forma, você pode ajudar seus clientes na escolha da camisinha sem erro.

E aí, o que achou do post? Deixe sua opinião aqui embaixo nos comentários e compartilhe com a gente suas técnicas para não errar na escolha do tamanho da camisinha!