O distanciamento da mulher com a sexualidade

Antes de falar sobre a sexualidade feminina, entenda sua ausência na vida da mulher!

Primeiramente, de acordo com algumas pesquisas realizadas, você sabia que o Brasil é o campeão mundial em cirurgias íntimas? 

Nesse sentido, algumas mulheres não aceitam o formato de suas vulvas e buscam por cirurgias para cortar os pequenos lábios. E não para por aí!

A sexualidade feminina permanece desconhecida para muitas, que ainda acreditam que o sexo serve somente para reprodução.

O corpo feminino proporciona prazer intenso quando estimulado, ao mesmo tempo que possui diversas áreas erógenas a serem exploradas, além do ponto G.

Outra questão interessante, é que quando falamos sobre sexualidade feminina, nota-se que muitas mulheres desconhecem a diferença entre vulva e vagina!

Infelizmente, a mulher não foi ensinada a descobrir seu corpo e, portanto, cresceu entendendo que esse assunto não deve ser falado, e é aí que se encontra o distanciamento com sua sexualidade. 

Por vezes, falava-se somente sobre o prazer e satisfação do homem, uma vez que a masturbação masculina é vista com normalidade, ao mesmo tempo que a feminina é mal interpretada até os dias atuais.

Como resultado, a mulher sente um bloqueio e não consegue se entregar às experiências do prazer.

Dessa forma, entenda a importância da sexualidade feminina.

Continue lendo!

Afinal, o que é sexualidade feminina?

Mulher, desde já, é essencial saber que sexualidade feminina é diferente de relação sexual! 

A sexualidade da mulher está ligada a capacidade de conhecer seu corpo e suas preferências. 

Por isso, não pode ser definida pelo acontecimento ou não de um orgasmo ou ato sexual, por exemplo, apesar do orgasmo auxiliar as mulheres nesse processo. 

Sexualidade é a potência da energia feminina dentro das mulheres, e que vem sendo tratada como questão de saúde.

Agora você deve estar se perguntando qual a ligação da sexualidade feminina com a saúde, acertei? Vamos lá! 

Se uma mulher trabalha sua autoestima e autoconhecimento, ela trabalha também sua sexualidade, que possui ligação direta com seus sentimentos, ações, saúde física e mental. 

Dessa forma, como trabalhar a sexualidade feminina e autoestima?

Produtos eróticos e sexualidade feminina: o match perfeito! 

Uma mulher que se ama, se aceita e compreende seu potencial orgástico vive uma vida muito mais leve e equilibrada.

Agora, separamos algumas práticas incríveis que vão te ajudar muito nesse processo! 

1- Se ame, você é única!

Elogie-se no espelho. Isso mesmo! Se olhe no espelho, compreenda com amor os pontos que você considera positivos e negativos e acolha-os, eles te tornam única!

2 – A sexualidade feminina aliada aos brinquedos eróticos

Enfim, como sentir prazer sem conhecer o potencial que seu corpo tem de gozar bem gostoso?

Dessa forma, os vibradores são portas para o orgasmo, ou seja, facilitam a descoberta dos seus pontos erógenos e a incrível potência do seu ponto G! 

Disponível em https://www.distribuidorasexshop.com.br

Esqueça a ideia de que prazer e orgasmo são somente através de penetração! O seu clitóris está lá, lindo e maravilhoso, aguardando ser explorado.

A maioria das mulheres se frustra por não chegar ao orgasmo durante a penetração, acreditando que esse seria o único jeito para “chegar lá”.

Nesse sentido, ao mesmo tempo que você descobre o quanto seu corpo é capaz de sentir, você compreende ainda mais sua força como mulher e tem a certeza de que: Nunca nesse universo o sexo é somente para reprodução!  

3 – Fale sobre sexo, sem vergonha! 

Se as mulheres não falam sobre sexo, quando esse tema deixará de ser tabu? A vergonha sobre esse assunto é só a ponta do iceberg! 

Acima de tudo, é preciso diálogo e troca de experiências, portanto, não se sinta sozinha, sua amiga provavelmente passa por isso também! Conversem. 

Autoestima e autoconhecimento: As chaves para o orgasmo!

A vergonha do próprio corpo interfere totalmente na sexualidade e no prazer feminino. 

Se aceitando e conhecendo as possibilidades de prazer que seu corpo proporciona, as questões internas se resolvem com mais leveza.

Sob o mesmo ponto de vista, quando você ama e respeita seu corpo, você consegue se dar um orgasmo.

Assim, você se aprofunda no autoconhecimento!

FAQ

O distanciamento da mulher com sua sexualidade

Além do Brasil ser o campeão mundial em cirurgias íntimas, muitas mulheres ainda acreditam que o sexo serve somente para reprodução. E não para por aí!

A maioria também não sabe a definição certa de seu órgão sexual, acreditando que “tudo é vagina e acabou!”.

Esse distanciamento evita que a mulher se aprofunde em sua sexualidade e autoconhecimento, fazendo com que desconheçam o potencial de prazer que seu corpo é capaz de proporcionar.

O que é sexualidade feminina?

Antes de tudo, é importante saber que sexualidade feminina é diferente de relação sexual! 

Ela está ligada ao conhecimento sobre o próprio corpo e suas preferências, sendo considerada até mesmo questão de saúde.

Afinal, quando uma mulher trabalha sua autoestima e autoconhecimento, ela trabalha também sua sexualidade, interferindo em seus sentimentos, ações, saúde física e mental.

Por que os produtos eróticos ajudam bastante esse processo?

Uma vez que o orgasmo ajuda a mulher no processo de desconstrução e autoconhecimento, os vibradores são incríveis portas para o orgasmo! Afinal, facilitam o estímulo dos pontos erógenos e a potência do ponto G!

Autoestima e autoconhecimento são as chaves para o orgasmo

O primeiro passo a ser dado é a aceitação! Aceitando seu corpo, a mulher se abre para o prazer, ao mesmo tempo que seus bloqueios são “resolvidos” com leveza.

Portanto, amando e respeitando seu corpo, o caminho para se dar um orgasmo também fica mais leve!