massagem tântrica

Saiba como fazer uma deliciosa massagem tântrica

Você já ouviu falar em massagem tântrica? Ela faz parte do Tantra, uma filosofia que surgiu na Índia há mais de cinco mil anos. A técnica consiste em estímulos corporais que proporcionam a expansão da sensibilidade e consciência — o estímulo “acorda” todas as áreas do corpo, potencializando a capacidade de sentir prazer.

Essa massagem, se praticada antes do sexo, melhora a conexão do casal, proporcionando uma maior entrega e intimidade. Outra vantagem é a tonificação dos músculos genitais, que faz com que homens e mulheres alcancem orgasmos mais intensos e duradouros.

Ficou interessado? Neste artigo você descobre como fazer uma massagem tântrica deliciosa. Confira!

Explore todos os sentidos

Antes de iniciar, prepare o ambiente. Escolha um óleo de massagem, de preferência beijável, que provoque a sensualidade. Crie um clima agradável com velas e músicas relaxantes. Depois disso, use artifícios que explorem todos os sentidos do corpo.

Use as unhas, as pontas dos dedos, lenços ou brinquedos sexuais que estimulem a sensibilidade da pele. Usar perfumes afrodisíacos também é uma boa ideia. Além disso, experimente brincar com texturas e sensações de quente e frio. Use a sua imaginação!

Crie conexão e sintonia

A conexão é a base da massagem tântrica. É preciso que o casal esteja na mesma sintonia. Para isso, inspirar e expirar juntos são ótimos exercícios, além do olho no olho, que é fundamental para aumentar a intimidade.

Antes de começar, faça o giro tântrico. Essa prática consiste em sentar com a postura ereta sobre as pernas do outro, que deve estar com as pernas cruzadas em posição de lótus. Depois, fique um tempo em conexão — mantenha contato visual constante e respire profundamente. Faça isso durante o tempo que for confortável. 

Não tenha pressa

A regra número um de uma boa massagem tântrica é não ter pressa. Ela precisa ser feita com tranquilidade, valorizando cada parte do corpo. Quando começar, não deixe sua mente dispersar e nem acelere para acabar logo. Saboreie a experiência e sinta cada momento — não importa se você está recebendo ou fazendo a massagem.

A respiração é muito importante nesse processo. Inspirar e expirar lentamente, trazendo todo o ar para dentro, é uma forma de relaxar e liberar energias acumuladas. Durante o ato, não tenha vergonha de emitir sons como gemidos e suspiros. Essas sensações devem ser expressadas.

Explore todas as partes do corpo

A massagem tântrica explora todas as partes do corpo. A ideia é conhecer pontos desconhecidos de prazer. Para isso, massageie desde os pés até a nuca. Mude a intensidade dos toques, varie desde movimentos leves aos mais intensos.

Não fique apenas em lugares convencionais: massageie os pés e as laterais do corpo fazendo movimentos leves de vai e vem com os dedos. Depois explore as costas e vá estimulando áreas mais sensíveis como a virilha, bumbum, coxas, pescoço, orelhas e genitais.

Uma parte da massagem que é muito excitante é a chamada massagem sensitiva. Ela consiste em explorar o corpo com a ponta dos dedos fazendo movimentos suaves. Com ela, se estimula as terminações nervosas proporcionando mais sensibilidade.

Peça para receber uma massagem tântrica

Tão importante quanto saber fazer uma massagem tântrica é receber uma, não é mesmo? Inverta os papéis. Esse momento é muito importante para o casal, pois estimula a sincronia e conexão entre os dois. Separe pelo menos um dia da semana para isso.

A filosofia Tantra é milenar e contém muita informação. Sendo assim, é interessante que o casal aprenda, principalmente na prática, como aperfeiçoar as técnicas de massagem e como dar prazer ao outro — não necessariamente de forma sexual, mas explorando todas as partes erógenas que o corpo tem.

A massagem tântrica, ao contrário do que muitos pensam, não tem só a ver com o sexo. O grande objetivo dela é potencializar as sensações. Por isso, entregue-se a cada momento e curta as novas descobertas.

E aí, curtiu o texto? Se você quer ficar por dentro de mais conteúdos como esse e aprender mais sobre sexualidade, assine nossa newsletter. Assim você não perde nenhum dos nossos conteúdos!

 

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.