Falar de higiene íntima ainda é um assunto delicado, já que muitas pessoas desconhecem a importância dos cuidados diários com essa região. Usar os produtos certos e saber se lavar corretamente são essenciais para evitar irritações e infecções, além de garantir mais saúde e qualidade na vida sexual.

Engana-se quem pensa que apenas tomar banho todos os dias é suficiente. Para manter uma boa higiene íntima é preciso implementar certos cuidados na rotina. Continue a leitura deste artigo e confira algumas dicas para manter essa região mais saudável!

Aposte em sabonetes adequados para higiene íntima

Não restam dúvidas que água é a melhor forma de lavar a região íntima. No entanto, apenas ela não é capaz de remover o excesso de gordura e urina que se depositam no local. Para isso, o uso de sabonetes íntimos são recomendados.

Esses produtos, de forma geral, são hipoalergênicos e possuem um PH mais ácido — cerca de 4,2 a 5,6 — sendo capazes de remover o excesso de gordura e eliminar o mau cheiro, sem alterar as defesas naturais da pele. Essa dica é importante, principalmente para as mulheres, já que para manter uma boa saúde íntima é preciso ter cuidado com o equilíbrio da flora vaginal.

Para os homens, um sabonete neutro com PH em torno de 7 é suficiente para fazer a limpeza do pênis. Contudo, alguns podem ter a pele mais sensível com propensão a alergias. Para estes, o uso de um sabonete íntimo mais ácido é recomendado.

Não use papel higiênico perfumado nem lenço umedecido

A maneira correta de realizar a higiene íntima é com água corrente. Entretanto, na correria do dia a dia isso é quase impossível, principalmente quando se está fora de casa. Muitas pessoas, nesses momentos, optam pelo uso do lenço umedecido ou um papel higiênico com cheiro, pois avaliam apenas o aroma do material.

Isso não é recomendado, já que eles possuem muitos componentes químicos que podem causar irritações e alergias. Para quem não abre mão do lenço umedecido, pode optar por modelos que não contenham corantes, perfumes e outros componentes irritativos.

Tome cuidado ao se depilar

A depilação nada tem a ver com higiene íntima, ela é mais relacionada ao conforto. Existem pessoas que preferem apenas aparar os pelos e outras que preferem retirá-los completamente. A única questão que deve ser observada é que, no momento da depilação, o orifício por onde o pelo sai fica aberto e mais suscetível a infecção.

Sendo assim, o ideal é usar um sabonete antibacteriano antes da depilação para evitar a proliferação de microrganismos na região e apostar em produtos calmantes após depilar.

Higienize a região íntima corretamente

Imagine a seguinte situação: você está em um momento de intimidade e quando a outra pessoa tira a roupa exala um cheiro forte e desagradável. Não seria legal, não é mesmo? Por isso a importância de realizar a higiene íntima corretamente. Não apenas por questões de limpeza, mas também pela saúde da região.

Para as mulheres, a maneira correta de fazer a higiene íntima é lavando a parte externa: vulva, virilha e ânus. Não se deve lavar a parte interna da vagina para não interferir na flora vaginal. O ideal é lavar com sabonete íntimo, fazendo movimentos circulares em toda a região dos grandes lábios e clitóris. A higienização deve ser feita de 2 a 3 vezes ao dia.

Já os homens, no momento do banho, devem puxar a pele que envolve a cabeça do pênis e passar água com sabão, lavando delicadamente até que toda a gordura acumulada seja retirada. Após isso, o restante do pênis e a região anal devem ser lavadas normalmente. Muitos homens não sabem, mas lavar e secar o pênis após urinar é fundamental. Esse processo evita o acúmulo de urina na região, evitando mau cheiro e possíveis infecções.

Ter esses cuidados com a higiene íntima evita diversos tipos de complicações na região. Além disso, garante mais saúde e qualidade na vida sexual tanto para os homens quanto para as mulheres.

O que achou do nosso post? Deixe seu comentário e compartilhe quais são os seus cuidados com a higiene íntima!