Muitos revendedores não sabem como cobrar um cliente inadimplente. É comum ficar na dúvida em relação à abordagem mais eficaz para que o consumidor pague a dívida e, ao mesmo tempo, não fique constrangido. Afinal, a inadimplência pode trazer inúmeros riscos para o seu negócio e, por isso, é preciso desenvolver atitudes que busquem reduzir esse mal do varejo.

Pensando nisso, separamos 5 dicas de como fazer uma cobrança eficiente. Preparado para aprimorar suas vendas e alcançar o sucesso financeiro? Então, acompanhe o post a seguir!

1. Elabore um cadastro com as informações do cliente

É primordial que todo revendedor tenha um banco de dados atualizado com todas as principais informações referentes ao cliente, como endereço, número de telefone, e-mail, dados pessoais, etc. Assim, você não terá problemas em contatar seu público em casos de inadimplência.

Para deixar o cadastro ainda mais completo, peça para o consumidor fornecer um contato próximo (pode ser um familiar ou amigo) que possa atuar como fonte de informações durante a cobrança, caso haja necessidade.

2. Faça um contato cordial e educado

Cobrar um cliente, na maioria das vezes, não é uma atividade muito agradável, tanto para o devedor quanto para o cobrador. Para que o momento não gere estresse a ambas as partes, é preciso unir educação e bom senso durante o diálogo de cobrança.

Evite procurar o cliente no expediente de trabalho ou em lugares públicos, agende local e horário para evitar constrangimentos, jamais seja agressivo e nunca use palavras ofensivas. Lembre-se: saber cobrar é tão importante quanto saber vender!

3. Ofereça alternativas de pagamento

Para evitar que seus clientes façam dívidas ao adquirir seus produtos, ofereça a eles diversas alternativas de pagamento: à vista (no dinheiro), parcelado no cartão, cheque, boletos, crediário, etc. Avalie o perfil do seu público e descubra qual é a forma que melhor corresponde às condições dele.

Muitos revendedores preferem trabalhar com uma margem mais alta para poder dar descontos nos pagamentos em dinheiro, esta pode ser uma ótima forma de diminuir a inadimplência.

4. Amplie as formas de pagamento

Se o montante da dívida é significativo, vale a pena optar pelo parcelamento dela. Por exemplo: a um cliente que deve 1.000 reais, você pode pedir uma entrada de 500 reais à vista e parcelar o restante em 2 x no cartão. A ampliação da forma de pagamento deve ser considerada de acordo com o perfil e as necessidades de cada cliente e revendedor.

5. Crie lembretes

Utilizar as redes sociais para criar lembretes de pagamento é essencial durante o processo de cobrança. Por isso, sempre que necessário, envie mensagens via Facebook e WhatsApp para avisar os devedores sobre a data combinada de recebimento, quando estiver próxima. O mais indicado é encaminhar lembretes três dias antes do prazo final acordado.

Viu como cobrar um cliente inadimplente pode ser uma tarefa fácil e com ótimos resultados? Basta deixar a vergonha de lado e montar um cronograma com estratégias práticas e realmente eficientes. Lembre-se de que a cobrança faz parte do processo de vendas. Por isso, não se sinta mal quando for abordar a clientela.

Gostou do nosso conteúdo? Então, compartilhe o post nas redes sociais e mostre aos seus amigos como cobrar um cliente inadimplente!