Que a camisinha é a melhor forma de evitar a gravidez e a infecção por DSTs não é mais novidade. Por ser um acessório indispensável nos momentos de intimidade, hoje, é possível encontrar vários tipos de preservativo, desde os mais simples até os mais elaborados, para quem gosta de explorar novidades.

De maneira geral, existem dois tipos de camisinhas: a masculina e a feminina. Para a primeira, que é a mais comum, existe uma variedade de opções com cores, sabores, texturas e formatos diferentes. Cada pessoa se adapta melhor a algum tipo. Por isso, o ideal é testar todas elas.

Neste texto, daremos mais detalhes sobre esse acessório. Se você quer saber quais são os principais tipos de preservativo e as suas características, continue a leitura!

Quais são os tipos de preservativo mais usados?

Ao escolher a camisinha, muitas pessoas, por uma questão de conforto, escolhem sempre o mesmo modelo e não consideram as variedades desse acessório. Existem vários tipos de preservativo masculino que podem ser usados para apimentar a relação. Principalmente estes que listamos abaixo, confira:

Esses tipos de preservativo são muito populares, a princípio cada um tem suas particularidades e funções. Testar todos eles é diversão garantida!

Como os preservativos afetam a relação sexual?

O uso da camisinha é a melhor forma de evitar gravidez e prevenir doenças sexualmente transmissíveis. No entanto, o Brasil ainda registrou cerca de 40 mil novos casos de AIDS nos últimos cinco anos. Ao passo que, de 2010 a 2017, mais de 300 mil casos de Sífilis Adquirida (por contato sexual) foram registrados.

Esses dados mostram que algumas pessoas ainda são relutantes com o uso da camisinha. Contudo, ao contrário do que muitos pensam, o preservativo pode melhorar a relação sexual, já que os modelos atuais foram feitos para divertir e criar sensações diferentes durante o uso.

Qual a importância da versatilidade de tipos de preservativo?

Como mostramos, existem vários tipos de preservativo e isso é importante para incentivar o uso. Muitas pessoas ainda propagam aquele pensamento de que usar camisinha é como chupar bala com papel. Portanto, quem nunca ouviu isso, não é mesmo?

Todavia, isso não é mais uma desculpa, pois os modelos extrafinos, por exemplo, proporcionam a sensação de não usar nada. Além disso, os modelos que brilham no escuro ou as texturizadas podem proporcionar experiências muito divertidas durante a relação sexual.

Quem quer apimentar a relação, pode investir nas camisinhas que esquentam ou esfriam. Ainda que proporcionam uma sensação de quente ou gelado durante a penetração, aumentando o prazer do momento. Essas variedades são importantes para mudar certos pensamentos e incentivar o uso cada vez mais.

Quais as características da camisinha feminina?

camisinha feminina é um pouco diferente da masculina. Aliás ela é feita de poliuretano, um plástico fino e transparente que causa menos alergia. Assim também, o tamanho médio é de 15 cm de comprimento e 8 de diâmetro.

Outro detalhe sobre essa camisinha é que ela vem com dois anéis: um interno e outro externo. O primeiro é feito com um material esponjoso e pode ser retirado. O segundo tem a função de proteger a vulva e manter o preservativo no lugar. Durante o ato sexual, o homem introduz o pênis dentro desse anel.

O preservativo feminino evita o contato da vagina como pênis, acima de tudo impedindo que os espermatozoides entrem no canal vaginal e cheguem ao útero. Entretanto também impede a troca de secreções nas relações sexuais, protegendo contra DSTs.

Hoje é possível encontrar diversos tipos de preservativo que podem agradar todas as pessoas. Ao passo que a ideia de que a camisinha atrapalha é totalmente equivocada. Além disso, com todas essas opções, é possível inovar e se divertir muito nas relações.

E aí, gostou do post? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais e mostre aos seus amigos todas essas opções!

 

Powered by Rock Convert