Os brinquedos eróticos são excelentes companheiros e há uma infinidade de formatos, texturas e tamanhos para escolher. Mas, se não forem limpos e guardados corretamente, podem se tornar problema. Por falar nisso, você sabe como higienizar o vibrador?

A falta de cuidado pode reduzir a vida útil do vibrador e, em casos mais graves, trazer riscos para a saúde de quem o utiliza. Pensando nisso, criamos este post que traz um miniguia com algumas dicas para você saber a forma correta de higienizá-lo. Confira!

Descubra qual o material do seu vibrador

Geralmente os vibradores vêm com um manual, mas se ele foi perdido e você não tem todas as informações, melhor procurar saber de qual material o brinquedo é feito antes de fazer qualquer limpeza.

Há uma grande variedade desses objetos, mas a maioria é dividida em duas categorias: porosos e não porosos. Os porosos são feitos de materiais como plastisol, borracha e cyberskin. São superfícies mais absorventes e, por isso, têm mais risco de contaminação. 

Já os não porosos possuem material “impenetrável”, o que dificulta a adesão de bactérias. São feitos de silicone, vidro, cerâmica, plástico ABS entre outros materiais.

Como limpar um vibrador poroso

Água morna e sabão neutro são suficientes para higienizar o vibrador e eliminar qualquer resíduo de fluídos ou lubrificantes. Não use a água muito quente porque pode deformar o material e tome cuidado para não molhar a parte mecânica — se ele tiver uma.

Se preferir, também pode utilizar um gel de limpeza próprio para os sex toys. Ele deve ser passado em toda a superfície com a ajuda de um pano seco até que o produto tenha sido totalmente absorvido.

No caso dos vibradores de cyberskin, há ainda um talco especial que pode ser usado após a a higienização. Ele vai ajudar a manter o material mais macio e conservado.

Alguns vibradores têm fissuras ou texturas. Nesse caso, use uma escova de dentes macia para garantir a limpeza completa. Depois de limpo, não esqueça de secar bem com uma toalha de papel. Fungos e bactérias adoram umidade!

Como limpar um vibrador não poroso

A limpeza desse tipo de vibrador é basicamente a mesma dos porosos, com a diferença que podem ser fervidos — periodicamente — em água por no máximo 3 minutos para esterilizar. Vale lembrar que só os que são à prova d´água podem ser mergulhados nela. 

Como guardá-lo

É muito importante guardar o vibrador adequadamente. Sempre o deixe em um local limpo e dentro da embalagem própria para evitar contato com outros objetos. Isso também vai impedir acúmulo de pó e outras sujeiras.

Vale lembrar que cada um deve ser guardado separadamente e jamais em mesma embalagem para evitar a disseminação de bactérias. Também é bom evitar guardá-los em embalagens plásticas.

Por fim, caso o vibrador seja elétrico, as pilhas ou baterias devem ser retiradas quando você não estiver usando o brinquedo, pois elas podem vazar ou estragar se não forem retiradas.

Quando usar camisinha

Como os vibradores porosos têm superfície mais aderente, é recomendável utilizar camisinha durante a utilização. As de poliuretano são mais indicadas, uma vez que alguns desses brinquedos podem ter óleo na composição — que não é compatível com o látex.

Os vibradores não porosos trazem mais segurança porque não retém impurezas e nem proliferam bactérias, por isso não necessitam de camisinha. Mas, se forem usados na vagina e também no ânus, é importante colocar preservativos para evitar a contaminação pelas bactérias do intestino.

Limpe antes e depois de usar

É muito importante limpar o vibrador antes e depois de usá-lo. A má higiene pode fazer com que o produto dure menos tempo, além de trazer riscos de contaminação por bactérias, infecções ou até transmissão de DSTs.

Agora que você já sabe como higienizar o vibrador e guardá-lo corretamente, vá em busca do seu prazer mais íntimo e divirta-se sem preocupações!

Para receber mais conteúdo como esse, assine a nossa newsletter e receba tudo em primeira mão diretamente na caixa de entrada do seu e-mail.

[uam_ad id=”736″]